Fale com o Dmae 0800 940 7272

Cálculo da conta


Aprenda a calcular corretamente o valor da sua conta de água seguindo as instruções do DMAE:

1 – Como calcular seu consumo de água em metros cúbicos (m³) para uma economia residencial.

Primeiro passo: Verifique o valor impresso no espaço LEITURA ATUAL de sua conta de água.

Segundo passo: Subtraia desse valor o número da LEITURA ANTERIOR.

Terceiro passo: O resultado dessa conta de subtração representa o consumo de água que você teve no mês.

(Ex: se o valor constante no espaço LEITURA ATUAL é 685 m³ e o valor encontrado no espaço LEITURA ANTERIOR é de 658 m³, logo você consumiu no mês 27 m³).

685 – 658 = 27

2 – Transformando metros cúbicos (m³) em Reais.

Para saber o quanto 27 m³ representam em Reais (R$), que será o volume faturado, deve-se distribuir este volume por faixa de consumo, conforme a estrutura tarifária do Dmae, seguindo o exemplo abaixo:

1ª faixa. O consumo dos primeiros 10 (dez) m³ de água tem o valor associado a uma tarifa mínima, que hoje é de R$ 15,51.

2ª faixa. O usuário deve multiplicar os outros 10 (dez) m³ pelo valor de excedente na segunda faixa de consumo da tabela abaixo. (Ex.: 10 m³ X R$ 1,19 = R$ 11,90).

3ª faixa. O usuário deve multiplicar os 07 (sete) m³ restantes pelo valor de excedente na terceira faixa de consumo da tabela abaixo. (Ex.: 7 m³ X R$ 1,36 = R$ 9,52).

4. O usuário deve agora somar os 03 (três) resultados. (Ex.: R$ 15,51 + R$ 11,90+ 9,52 = R$ 36,93).

5. O resultado encontrado corresponde em Reais (R$) ao volume de água consumido pelo usuário, neste caso, ele pagará R$ 36,93 por 27 m³. 

6. Caso o consumidor seja também atendido pela Rede Coletora de Esgoto, o valor cobrado por tal serviço corresponderá a 80% do valor de seu consumo de água. Para saber o valor cobrado pela coleta de seu esgoto, o usuário deverá multiplicar o valor de seu consumo de água pelo coeficiente de consumo 0,80. (Ex.: R$ 36,93 x 0,80 = 29,54).

7. Neste caso, o valor cobrado em sua conta de serviços de abastecimento de água e coleta de esgoto referente a 27 m³ será de R$ 66,47. (Ex.: R$ 36,93 (água) + R$ 29,54 (esgoto) = R$ 66,47).

 

Estrutura tarifária do Dmae para uma única ou primeira economia:

CATEGORIA RESIDENCIAL

De 0 a 10 m³ - tarifa mínima residencial R$ 15,51

De 11 a 20 m³ - preço por m³ excedente R$ 1,19

De 21 a 30 m³ - preço por m³ excedente R$ 1,36

De 31 a 40 m³ - preço por m³ excedente R$ 1,88

De 41 a 50 m³ - preço por m³ excedente R$ 3,24

Acima de 50 m³ - preço por m³ excedente R$ 4,03

 

CATEGORIA COMERCIAL

De 0 a 10 m³ - tarifa mínima comercial R$ 19,38

De 11 a 20 m³ - valor por m³ excedente R$ 1,39

De 21 a 30 m³ - valor por m³ excedente R$ 1,61

De 31 a 40 m³ - valor por m³ excedente R$ 2,30

De 41 a 50 m³ - valor por m³ excedente R$ 3,88

Acima de 50 m³ - valor por m³ excedente R$ 4,81

 

CATEGORIA INDUSTRIAL

De 0 a 30 m³ - tarifa mínima industrial R$ 57,63

De 31 a 3.000 m³ - valor por m³ excedente R$ 3,39

De 3.001 a 10.000 m³ - valor por m³ excedente R$ 3,55

De 10.001 a 35.000 m³ - valor por m³ excedente R$ 3,79

De 35.001 a 50.000 m³ - valor por m³ excedente R$ 3,88

Acima de 50.000 m³ - valor por m³ excedente R$ 4,81

 

No caso de edificações constituídas de várias economias os valores expressos passam a vigorar a partir da segunda economia o 

Anexo do Decreto 16.439

 

No caso de dúvida sobre o valor da conta emitida pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) de Uberlândia, solicite uma vistoria ou análise de conta no Fale com o Dmae.

Se preferir ligue para o 0800 940 7272 ou vá até a Plataforma de Atendimento, na rua Martinésia, nº 245, bairro Aparecida.

 

O atendente do Dmae pedirá as seguintes informações:

1 - código do imóvel,

2 - código de processamento

3 - motivo e leitura do dia da reclamação.

Para analisar a conta, um técnico do Dmae vai ao seu endereço verificar se há vazamentos. Porém, se a caixa d’água for de difícil acesso, você será notificado a providenciar o teste (saiba como detectar vazamentos) e agendar uma nova vistoria no Dmae. Antes de concluir a análise, os técnicos do Dmae podem realizar também a aferição no hidrômetro, quando necessário.

Obs: Você pode conferir a conta antes de pedir uma vistoria.

 

Como fazer a leitura do hidrômetro e monitorar o consumo?

Ele tem a aparência de um relógio, mas diferente deste, ao invés de registrar a passagem do tempo, o hidrômetro se movimenta quando a água passa em seu interior. Água que pode estar sendo consumida em nossas necessidades, desperdiçada pelo uso inadequado ou por meio de vazamentos em canos com problemas ou torneiras e descargas desreguladas. Portanto, a nossa recomendação ao usuário é que fique atento para a movimentação do hidrômetro para identificar possíveis vazamentos e o consumo muito elevado de água.

A leitura do hidrômetro é simples. O equipamento tem números pretos e vermelhos. Para acompanhar o consumo em sua residência ou empresa, preste atenção aos dígitos pretos. Eles mostram quantos metros cúbicos de água foram consumidos. Deixe de lado os números vermelhos que, neste caso, não nos interessa.

Vamos adotar o seguinte exemplo: você leu o  relógio no dia 1º de determinado mês e anotou todos os números pretos registrados, sendo eles 0003. Duas semanas depois, no dia 15, o hidrômetro marca 0010. Para calcular o consumo do período, faça a subtração 10 – 3. Verificamos que passaram pelo hidrômetro ao longo do período 7 m³ de água. Você quer obter o número em litros? É fácil, basta fazer a multiplicação 7 x 1000. O resultado equivale a  7000 litros.

A média nacional de consumo de água no Brasil, segundo estudos do Instituto Socioambiental (ISA), é de 150 litros/dia por pessoa, enquanto o volume recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU) é de 110 litros. Faça as contas e calcule em que patamar está o seu consumo e corrija os desperdícios. Você vai reduzir despesas e poupar os mananciais que abastecem o nosso município.

 

Aprenda a monitorar seu hidrômetro e calcular seu próximo consumo:

 

1ª ETAPA
Localize em sua última conta o item Leitura Atual.
Ex.: Leitura Atual = 3534
DATA DA LEITURA 11/02/2014
 
2ª ETAPA
Vá até o aparelho medidor e anote os números pretos do hidrômetro que se referem à leitura 
Ex.: 3539
Colhida em  26/02/2014
 
3ª ETAPA
- Diminua a leitura retirada do hidrômetro da última leitura do talão.
Ex.: 3534 – 3539 = 05
 
4ª ETAPA
Divida o resultado da operação pela quantidade de dias a contar da data da leitura, do talão ate a data da retirada da leitura no hidrômetro.
Ex: 5 / 15 dias (DO DIA 11/02/2014 ATE O DIA 26/02/2014) = 0,3
 
5ª ETAPA
Multiplique o resultado por 30 dias
Ex.: 0,3 x 30 = 9 m³ 
O resultado encontrado será a sua projeção de consumo para o próximo mês.
 
  • Compartilhar
Rua Martinésia, 245 - Aparecida
CEP: 38400-606 Fone: (34) 3233-4611